quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

MAIS UM ANO CHEGA AO FIM...



Com a proximidade de mais um ano que se encerra, muitos se preenchem com o sentimento de renovação.

Esse simbolismo marca apenas a passagem do tempo.


A renovação em nossos corações acontece todos os dias.

Todos os dias de nossas vidas, somos preenchidos pela luz e a magia da vida.

Recebemos a dádiva de experimentar essa existência, fazer nossas escolhas, seguir nossos caminhos.


Existe um amor infinito dentro de nós, que não muda com a passagem do tempo, esse amor é o que nós somos.

O Muito Além das Palavras e Sentidos, deseja que todos sejam invadidos pela certeza de que essa maravilhosa vida (efêmera) é apenas um exercício para expandirmos esse amor que somos.

Nos encontramos em 2016!!






terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Construa Pontes em sua Vida, Sempre.


"Construa Pontes em sua Vida, sempre!

Pontes por onde muitos e muitas possam passar, atravessar; caso contrário, em determinado momento você se verá diante do abismo...

E, também, não conseguirá atravessá-lo.

Nos arrastamos em direção à involução humana dia após dia. 

Não sei o que faz com que pessoas como qualquer um de nós, tão frágeis como qualquer outro, tão mortal quanto qualquer outro, possam sentir-se tão "superior" a ponto de criar muros concretos ou imaginários, cercas separatistas, territórios "exclusivos" para que o outro não invada.


Numa ilusão absurda da posse.

Como se algo no mundo pudesse de fato ter dono.
Essa alusão é um fato concreto em muitíssimas situações cotidianas.


A Vida não é exclusiva e, muito menos, excludente.

Viver é como estar em um jogo... terminada a partida as peças voltam para a caixa e ficam à espera do próximo jogador.

De nada adianta trapacear, esconder uma peça no bolso, querer ganhar a qualquer custo, sentir-se "superior" porque venceu uma partida ou tentar permanecer no jogo mais tempo do que deveria. 

É só uma passagem... não é para competir... é para conviver (COM + VIVER).


Não somos inimigos... somos parte do mesmo Universo... e precisamos uns dos outros para que tudo corra muito bem enquanto permanecemos aqui.

Mas nós ainda não percebemos, não é?!


Não nos demos conta desse fato. Tanto tempo por aqui e nós ainda não percebemos...

Nunca estivemos tão dentro da "Caverna de Platão"... nos enfiando cada vez mais dentro dela, nos tornando a cada dia mais vitimados por aquilo que nós (apenas) enxergamos, mas custamos a Ver... e reparar esse engano já é quase impossível.


Talvez nunca tenhamos saído, realmente, da caverna."

"Se você se sente só, é porque ergueu muros em vez de pontes." -  William Shakespeare

Texto de Cecy Blue